Oficinas da Escola Municipal Ranser Alexandre Gomes, 23º Festival de Inverno de Garanhuns

A História do Vaqueiro no Alto do Cavalo Marinho

Oficina de música, dança e encenação de uma das passagens do cavalo marinho referente à história do vaqueiro. O cavalo marinho é uma manifestação teatralizada oriunda da Zona da Mata Norte de Pernambuco, com duração completa de 8 a 12 horas. A proposta da oficina é montar com os participantes a passagem do vaqueiro, trabalhando seus aspectos brincantes dentro deste folguedo.
Público Alvo: a partir de 14 anos, público em geral
Vagas: 20
Data: 22 a 26 de Julho
Horário: 14 às 18h
Local: Escola Municipal Ranser Alexandre Gomes
Facilitadores: Mestre Grimário

Pintura de BAUERNMALEREI

A oficina tem como objetivo iniciar o aprendiz na técnica do bauermalerei, formando um núcleo de pessoas capacitadas, especializadas para produzir diversos artefatos da pintura bauern, formando cooperativas ou sendo absorvidos por diversos setores da indústria (fabricantes de cerâmica, móveis, serralharia etc.).
Público Alvo: A oficina tem como objetivo iniciar o aprendiz na técnica do bauermalerei, formando um núcleo de pessoas capacitadas, especializadas para produzir diversos artefatos da pintura bauern, formando cooperativas ou sendo absorvidos por diversos setores da indústria (fabricantes de cerâmica, móveis, serralharia etc.).
Vagas: 15
Data: 22 a 26 de Julho
Horário: 14 às 18h
Local: Escola Municipal Ranser Alexandre Gomes
Facilitadores: José Godoi da Costa, que é formado em direito, tem alguns cursos como: máscaras, pintura alemã, pintura em aquarela e exposições em Garanhuns (Portraits, Haicai, Paulo Brusky, Ronaldo Whire) e Londres (Thames Tunel Mills).

Batuque vai ao Magano

A oficina tem como objetivo apresentar à comunidade local os instrumentos de percussão e as possibilidades dessa vertente musical para futuros projetos para a comunidade, integrando valores como companheirismo e autoestima, ao dia-a-dia das crianças do Magano.
Público Alvo: crianças e adolescentes da comunidade do Magano
Vagas: 20
Data: 22 a 26 de Julho
Horário: 14 às 18h
Local: Escola Municipal Ranser Alexandre Gomes
Facilitadores: Herick Faustino, que é natural de Garanhuns. Nascido dentro da religião de matriz africana, teve contato com instrumentos percussivos desde criança. Por conta da forte influência de ritmos africanos, desenvolveu um estilo próprio de tocar bateria.

Aprendizes de Vitalino

O barro foi a matéria-prima escolhida pelo mestre das artes figurativas Vitalino Pereira dos Santos, o Mestre Vitalino (1909 – 1963). Herança para a cultura brasileira, suas peças são reconhecidas no mundo inteiro. Esta oficina propõe a transmissão para as novas gerações da arte de modelagem em cerâmica criada pelo Mestre Vitalino, que transformou a comunidade do Alto do Moura, em Caruaru, no maior centro de artes figurativas da América Latina.
Público Alvo: crianças, a partir dos 5 anos, adolescentes e jovens, inclusive pessoas com deficiência
Vagas: 25
Data: 22 a 26 de Julho
Horário: 14 às 18h
Local: Escola Municipal Ranser Alexandre Gomes
Facilitadores: Elias Vitalino, neto do Mestre Vitalino. Herdou do avô a arte de modelar no barro e há mais de 40 anos é artesão, arte que aprendeu com seu pai, Severino Vitalino.

Iniciação à Xilogravura

A xilogravura é representativa da cultura de praticamente todos os povos da terra. Está presente nas ilustrações das primeiras edições de livros sagrados como a Bíblia e o Alcorão. Chegou ao Brasil pelas mãos dos jesuítas, que trouxeram com eles artistas gravadores. A oficina pretende trabalhar com a teoria e a prática a respeito da gravura em madeira.
Público Alvo: público em geral, a partir de 10 anos
Vagas: 15
Data: 22 a 26 de Julho
Horário: 14 às 18h
Local: Escola Municipal Ranser Alexandre Gomes
Facilitadores: Marcelo Soares, gravador, escultor e pintor. Até hoje, o gravador já criou mais de 300 capas de folhetos de cordel e mais de 200 gravuras.

Confeccionando e Brincando com os Malabares

A oficina objetiva proporcionar ao público o contato inicial com a arte circense como uma ferramenta de descobertas individual e coletiva. O desenvolvimento de habilidades criativas, técnicas e artísticas, através da confecção e prática de malabares, traz possibilidades para a experiência vivencial do circo e seu universo de magia.
Público Alvo: público em geral, a partir dos 12 anos
Vagas: 25
Data: 22 a 26 de Julho
Horário: 14 às 18h
Local: Escola Municipal Ranser Alexandre Gomes
Facilitadores: Cleiton Osman Ferreira de Oliveira, educador social de circo da Escola Pernambucana de Circo, com foco no malabares e acrobacia. Desde 1998, participa de diversos espetáculos circenses, entre eles, “O boi do Circo do Brum”, “Brincadeiras do picadeiro” e “O vendedor de caranguejo. Michel Gomes de Carvalho é educador social, já estudou e ministrou aulas na Escola Pernambucano de Circo.        

Postagens Relacionadas
Anterior
« Anterior
Proxima
Proxima »